Por Dr. Diego Monteiro – Oftalmologista

Vamos direto ao assunto! Os exames precisam ser feitos pelo menos uma vez por ano, diminuindo a idade ou a saúde física.

Durante uma consulta, é preciso que o oftalmologista avalie muito outros, aspectos, além de analisar se a pessoa precisa de óculos ou não. O médico detecta possíveis doenças oculares, disponível em forma de olhos, junto com outras coisas fundamentais para sua saúde.

Além disso, o oftalmologista pode identificar possíveis doenças que podem levar à perda da visão. É recomendado fazer este tipo de exame sempre que surja sintomas de dificuldade em enxergar, como dor de cabeça frequente ou olhos vermelhos, por exemplo.

Dores de cabeça frequentes podem ser sintomas de problemas de visão, aqui no blog já falamos um pouco sobre isso – Problemas de visão causam dor de cabeça?

Quais são os tipos de exame oftalmológicos?

Uma consulta oftalmológica compreende uma variedade de avaliações. Uma das mais comuns é a refração, chamada de exame popular, que é destinada a detectar e corrigir ametropias, como miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia.

Os outros são os seguintes: 

Fundoscopia: serve para diagnosticar alterações na retina ou no nervo óptico.

Powered by Rock Convert

Tonometria: mede a pressão dentro do olho, através de uma luz azul projetada sobre o olho do indivíduo e por meio do contato com o aparelho medidor ou através de um aparelho de sopro.

Avaliação das vias lacrimais: O médico analisa através de colírios e materiais uma quantidade de lágrimas, sua permanência no olho, sua produção e sua remoção.

Que doenças ou condições oftalmológicas podem ser identificadas?

Erro refrativo. Se refere à miopia, hipermetropia e astigmatismo. Os erros de refração são corrigidos com óculos ou cirurgia refrativa.

Ambliopia. Desenvolvimento incompleto da via Óptica em um ou nos dois olhos

Estrabismo. Consiste no não “alinhamento” dos olhos. Por vezes é possível corrigir com o uso de óculos, mas também há casos em que é necessária a indicação de tratamento cirúrgico.

Doenças oculares. Muitas doenças oculares, como glaucoma e retinopatia diabética, não apresentam sintomas até que se tornem ameaçadoras para visão, em alguns casos, até de forma irreversível. O oftalmologista irá verificar a saúde dos olhos para tentar um diagnóstico precoce e evitar complicações de doenças silenciosas.

Condições relacionadas à idade. Na medida em que as pessoas vão envelhecendo, há uma maior probabilidade de desenvolver um problema ocular relacionado à idade, como, por exemplo, uma catarata além de outros.

É realmente importante ao oftalmologista, não é mesmo? Você pode marcar sua consulta de um jeito bem fácil, só mandar uma mensagem no WhatsApp, clicando aqui.

Deixar uma Mensagem de Resposta

× Agende sua Consulta!