4 dicas infalíveis para quem tem dor nas costas

Passar o dia com dor nas costas atrapalha qualquer um. Por isso nesse post vamos falar um pouco sobre como diminuir e evitar essas dores nas costas.

O que causa dor nas costas?

A dor nas costas pode ser causada por cansaço, estresse ou devido a traumatismos. Ela também pode ter origem em outros órgãos e se irradiar para as costas, como: cólica renal ou ovariana, infecções, infarto do miocárdio e outros problemas.

Corrija sua postura

Nossa coluna naturalmente tem uma tendência a ir para frente, o que os médicos chama de lordose, por isso temos ficar atentos e deixar nossa coluna em uma posição neutra. A posição neutra é quando colocamos nossos ombros para trás, sem exagerar muito, deixando a coluna com um formato parecido ao da lordose porém no sentido contrário.

Lembre de relaxar

Você pode relaxar ficando deitado de lado ou sentado de forma a que as costas estejam totalmente encostadas na cadeira por alguns minutos. Evite ficar muito tempo na mesma posição, mesmo sendo sentado, deitado ou em pé. Ao ficar numa posição mais confortável, é possível respirar melhor e as fibras musculares se soltam, aliviando a dor nas costas.

Use uma compressa

Caso esteja doendo sempre no mesmo lugar, colocar uma compressa de água morna pode ajudar. Coloque a compressa bem em cima da região onde dói por uns 20 minutos.

Durma do jeito certo

Na hora de dormir, o ideal é deitar de lado ou de barriga para cima, com a cabeça bem apoiada num travesseiro não muito fofo. Também é recomendado colocar outro travesseiro debaixo dos joelhos, caso a pessoa esteja de barriga para cima, ou entre os joelhos, caso durma deitada de lado.

Procure um médico

Caso as dores sejam constantes e nada ajude, chegou a hora de procurar um médico. Não fique sofrendo achando que dor nas costas é normal sentir. Marque sua consulta com um médico ortopedista.

No Centro Médico Saúde da Família você pode marcar sua consulta com o ortopedista de um jeito bem fácil. Clique aqui e mande sua mensagem por whatsapp.