Com quantos meses dá para saber o sexo do bebê?

Depois que a gravidez é confirmada a maioria dos papais e mamães ficam ansiosos para saber se o bebê é menino ou menina.

Uma dúvida muito comum é com quantos meses dá para saber o sexo do bebê. Por isso, neste texto vamos tirar essa e outras dúvidas bem frequentes.

Com quantos meses dá para saber o sexo do bebê?

O período exato pode variar um pouco dependendo do método utilizado. É possível para saber se é menino ou menina a partir de dois meses de gravidez, embora o mais comum seja saber com, mais ou menos, quatro meses.

Confira uma lista mais detalhada do período que dá para identificar o sexo do bebê e os exames possíveis de serem realizados.

  • A partir de 8 semanas: com um exame de sangue de sexagem fetal.

  • A partir de 10 semanas: com um exame de urina de farmácia.

  • A partir de 10 semanas: com o diagnóstico pré-natal não-invasivo, um exame de sangue que detecta síndromes congênitas.

  • A partir de 20 semanas: pelo ultrassom, dependendo da perícia do ultrassonografista, da qualidade do aparelho e da posição do bebê; (com chance de erro de cerca de 20%)

  • [O ideal] A partir de 16 semanas: pela ultrassonografia

Toda gestante consegue saber o sexo do bebê?

Infelizmente não! Isso acontece, porque identificar o sexo do bebê depende de alguns fatores. A  posição fetal pode dificultar ou impedir a identificação do sexo em idades gestacionais onde normalmente seria fácil identificar o sexo.

Atualmente sabemos que até a décima segunda semana de gestação o diagnóstico do sexo é impreciso e após a décima terceira ele pode atingir de 99 a 100% de acerto.

Atenção!

Além do tamanho do bebê e da posição que ele está dentro da barriga, existem outros fatores que podem atrapalhar a identificação do sexo. Como por exemplo a obesidade materna; cirurgias abdominais prévias; posição uterina; posição fetal e qualidade do aparelho de ultrassom utilizado.

O melhor exame para fazer

Como já vimos aqui existem algumas opções de exames que podem ser realizadas para identificar se o bebê é menina ou menino. Mas vamos falar com mais detalhes sobre a o ultrassom gestacional, que é o exame que garante mais precisão, quando realizado no período adequado.

O que é ultrassom gestacional?

O ultrassom gestacional, também conhecido como ultrassonografia ou ecografia, utiliza ondas de som para reproduzir a imagem do bebê, útero, placenta e outros órgãos. Lançadas em direção ao útero, elas chegam ao feto e geram um eco que produz suas imagens. Assim, o médico pode avaliar as condições da gravidez e do bebê;

Os sons emitidos não podem ser ouvidos por humanos, já que a frequência dessas ondas é de aproximadamente 3 milhões de hertz e nós só escutamos até 2 mil hertz.

A experiência do médico e a qualidade da máquina de ultrassonografia, podem facilitar na hora de obter alguma informação mais precisa.

A partir de 20 semanas, os médicos costumam pedir uma ultrassonografia mais detalhada, conhecida como ultrassom morfológico do segundo trimestre.

Nesse período, como já comentamos, com mais facilidade é possível descobrir de fato o sexo do bebê, pois os órgãos genitais já estão formados.

Ultrassonografia morfológica

Existem também a ultrassonografia morfológica, que é aquela que dá para ver com detalhes a anatomia do bebê. O médico passa um gel na barriga da mamãe e, em seguida, passa o aparelho sobre ela. Através dele, mais de 85% das más-formações do bebê podem ser detectadas.

O ultrassom morfológico, é indicado entre a 20º e a 24º semana. Nessa fase, é possível saber o sexo do bebê, com cerca de 70% de acerto.

São muitos detalhes, não é mesmo?! Mas não se preocupe, no Centro Médico Saúde da Família a mulher pode fazer o pré-natal completo, com preços que cabem no bolso.

Se quiser saber mais, mande um ZAP pra gente! É só clicar aqui.