Quando preciso fazer exame de vista?

Vamos direto ao assunto! Os exames precisam ser feitos pelo menos uma vez por ano, independentemente da idade ou saúde física. Durante a consulta o oftalmologista avaliará muito mais que se a pessoa precisa de óculos ou não. O médico detecta possíveis doenças oculares, avalia a forma como os olhos trabalham juntos dentre outras coisas fundamentais para à sua saúde.

Além disso, o oftalmologista pode identificar possíveis doenças que podem levar à perda da visão. É recomendado fazer este tipo de exame sempre que surgem sintomas de dificuldade em enxergar, como dor de cabeça frequente ou olhos vermelhos, por exemplo. Dores de cabeça frequente podem ser sintomas de problema de visão, aqui no blog já falamos um pouco sobre isso - PROBLEMAS DE VISÃO CAUSAM DOR DE CABEÇA?

Quais são os tipos de exames oftalmológico?

Existem vários tipos de exame de vista, porém, o mais comum é o exame para avaliar a capacidade para ver de perto e de longe. Mesmo que você já  use óculos, é importante fazer o exame, pois o grau dos óculos pode ter mudado, necessitando ser aumentado ou diminuído, dependendo do caso.

Os outros tipos são os seguintes:

Teste Ishihara: este exame avalia a percepção das cores e, serve para diagnosticar daltonismo, devendo-se tentar identificar qual o número que consegue ver no centro da imagem, rodeada de cores;

Teste de vista OCT: a tomografia de coerência óptica é um exame feito numa máquina e é utilizado no diagnóstico das doenças da córnea,retina e vítreo e nervo óptico.

Fundoscopia: serve para diagnosticar alterações na retina ou no nervo ótico.

Tonometria: ele mede a pressão dentro do olho, através de uma luz azul projetada sobre o olho do indivíduo e através do contato com aparelho medidor ou através de um aparelho de sopro.

Avaliação das vias lacrimais: O médico analisa através de colírios e materiais a quantidade da lágrima, sua permanência no olho, sua produção e sua remoção.

Que doenças ou condições oftalmológicas podem ser identificadas?

Erro refrativo. Se refere à miopia, hipermetropia e astigmatismo. Os erros de refração são corrigidos com óculos ou cirurgia refrativa.

Ambliopia. Ocorre quando os olhos estão desalinhados ou quando um olho tem muito maior grau de erro de refracção que o outro.

Estrabismo. Estrabismo é definido como olhos cruzados ou transformados. O oftalmologista verifica o alinhamento dos olhos.

Problemas de foco. Estes problemas podem variar de problemas incomuns em crianças a declínios normais relacionados à idade, influenciando a capacidade de focar de pessoas mais velhas.

Doenças oculares. Muitas doenças oculares, como o glaucoma e retinopatia diabética, não têm sintomas em seus estágios iniciais. O oftalmologista irá verificar a saúde dos olhos dentro e por fora para encontrar sinais de problemas iniciais.

Condições relacionadas à idade. À medida que as pessoas vão envelhecendo, há maior probabilidade de desenvolverem um problema ocular relacionado com a idade, como por exemplo, a catarata.

É realmente importante ir ao oftalmologista, não é mesmo? Você pode marcar sua consulta de um jeito bem fácil, só mandar um ZAP pra gente. Clique aqui e mande sua mensagem.