O verão já já está começando e a estação mais quente do ano também é a que mais vamos a praia. É sempre importante lembrar que a pele é o maior órgão do corpo humano e precisa de muito cuidado.

A exposição ao sol por período maior que 1 hora ou nos horários entre 10h da manhã e 16h podem fazer muito mal a pele, sem contar com as queimaduras, desidratação e risco de câncer de pele.

O que é Câncer de Pele?

O câncer de pele é uma doença provocada pelo crescimento anormal e descontrolado de suas células. Os tipos mais comuns da patologia são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares. O mais raro é o melanoma, que também é o mais agressivo e letal.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o câncer de pele responde por 33% de todos os diagnósticos de câncer no Brasil. O Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra cerca de 180 mil novos casos anualmente.

Powered by Rock Convert

Quais são os sintomas?

Os sintomas do câncer de pele geralmente incluem o aparecimento de pintas, eczemas, lesões de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida, pintas castanhas ou pretas que mudam de cor ou textura manchas ou feridas que não cicatrizam, com coceira, crostas ou sangramentos.

Como prevenir o Câncer de Pele?

É recomendado tomar sol antes das 10h da manhã e após às 16h, não tomar mais que 30 minutos de sol por dia se a pele for clara e 60 minutos se a pele tiver um tom mais escuro.

O uso de protetor solar, de FPS no mínimo 15, por cerca de 15 a 30 minutos antes da exposição, e repor após contato com a água ou a cada 2h, além de ficar debaixo do guarda-sol nos horários mais quentes, ajuda a diminuir a exposição aos raios solares.

No Centro Médico Saúde da Família, você pode marcar consulta com o Dermatologista de um jeito bem fácil, só clicar aqui e nos mandar um WhatsApp.

Deixar uma Mensagem de Resposta

× Agende sua Consulta!